Programa de

Ressignificação Profissional (PRP)

A mundo, traumatizado por uma pandemia, enfrenta atualmente uma das maiores crises econômicas da história. O impacto negativo do caos no mercado de trabalho criou um cenário desfavorável ao crescimento, marcado pela inflação, pela desvalorização da moeda e pelo alto índice de desemprego, uma vez que vários setores são forçados a demitir pessoal, a fim de reduzir despesas e permanecer vivo em em meio a tantas dificuldades e competitividade.

O número de trabalhadores autônomos cresce significativamente a cada dia. São milhares de desempregados, empresários, vendedores, pequenos comerciantes e jovens buscando uma oportunidade de emprego, e precisando desenvolver meios para obter renda extra.

Modelos cada vez menos tradicionais exigem uma mudança de pensamento para criar novas formas de sobrevivência. Para alcançar resultados positivos e obter vantagens em um contexto de forte competitividade, o profissional deve assumir uma responsabilidade com sua carreira, com sua imagem, consolidando sua própria marca por meio de suas atitudes e gestão emocional. As atuais teorias de marketing e tendências no mercado de trabalho exigem dos profissionais novas visões de negócios.

Ao longo dos anos, o conceito de marca foi ganhando força e expandindo-se para novas concepções. Quando falamos de uma marca, pensamos imediatamente em produtos ou empresas. No entanto, associar-se às pessoas é algo relativamente novo e ainda é um grande desafio para a maioria dos profissionais que nunca se imaginaram como tais antes. O que temos que levar em conta é que estamos em uma era de profundas transformações e que este é o momento perfeito para ousar ser diferente.

Hoje, os profissionais precisam ir além do convencional, tornando-se gerentes de si mesmos, desenvolvendo e fortalecendo sua marca pessoal com um objetivo claro de crescimento. A aplicabilidade da marca pessoal e o desenvolvimento da marca pessoal permitem criar estratégias altamente competitivas, pois a combinação dos dois termos, marca e pessoa, apresenta possibilidades auspiciosas, tanto pessoal quanto profissionalmente. No século XXI, a marca pessoal assume seu papel estratégico de diferenciação e posicionamento, capaz de gerar riqueza e um forte legado.

O Programa de Ressignificação Profissional (PRP) acredita que carreira profissional é como um tabuleiro de xadrez. É repleto de passagens para a frente, diagonais ou mesmo para trás,e para que isso faça sentido é primordial se tornar habilidoso no assunto. Uma carreira profissional é um portfólio de projetos que lhe ensinou novas habilidades e que todavia seguirá ensinado. Que lhe conferiu novos conhecimentos, e que seguirão sempre se atualizando, aumentando seu rol de colegas, te reinventando como marca, constantemente.

Sentir-se perdido é normal. Ter medo é completamente compreensível. Em lugar de tornar-se escravo de um sentimento ou de um conceito, reinvente-se. Comece por escrever sua própria declaração de objetivos. Oriente-se para o papel de presidente dessa grande marca: Você/SA. Pense no seu futuro. Em como vai viver a sua vida. Crie sua definição pessoal de sucesso. De Poder. Fama. Dinheiro. Analise se gosta do que faz, e dedique-se ao que gosta de fazer. Sejam quais forem as respostas, procure constantemente por oportunidades de trabalho, empregos ou projetos, que se encaixem com sua declaração de objetivos. E reveja essa declaração a cada seis meses para ter certeza de que o que você escreveu ainda corresponde ao que acredita.

É simples. Você é uma marca. Você é o responsável por essa marca. Não existe um caminho único que leva ao sucesso. E não existe uma maneira certa de criar a marca chamada Você. Quanto mais cedo você se conscientiza do propósito dessa marca e da sua grandeza, mais cedo você poderá gerar riqueza em todas as áreas da sua vida.